Click



quinta-feira, 30 de junho de 2011 6 estranhos conhecidos

Meus Dezessete e você ♥





"Ela tinha 17, ele um pouco mais velho. Ela andava meninha, parecia mais moleque que outra menina da sala de aulas. Ele andava de skate, o sonho dela. E sabia olhar com sorrisos, quando a solidão era iminente, e tê-la juntinho, ainda que cercado de gente's... Ela, quieta, ele, conhecido e amado por todos.

Ele a convenceu de que a vida era fácil, ensinou andar no skate dele, a gostar das músicas dele, e foi fácil pra ela, que o amava em silencio.

Ela o ensinou a sonhar, desenhar versinhos no caderno, a querer mesmo que não querendo a querer a vontade dela.

E se amaram tão junto, tão perto, e se descobriram tão identicos... que não houve mais o segredo, que já não havia o silencio, eram risos todos os momentos. Alegria e contentamento.

Mas mais que apaixonados. Eram realmente amigos, tão iguais, tão parecidos, tão diferentes. Houve zumbido.

Amizade cresceu e tomou o espaço. Foi na mesma arvore daquele beijo encantado, onde o chão se abriu e os lábios se tocaram, que houve também, tão mais triste, o derradeiro abraço...

O fim era só o começo, outra amizade, outro laço. Outra vez se viram, tão tarde, tantos anos que passaram, que não se sabe, não mais, qual é o jeito do abraço, se largado feito amigos, se tão junto de saudade apertado..."


Por Kirinha Menezes

Dedico com muito carinho à uma história especial.
Viver a vida é dar-se chance de sorrir, SEMPRE!
Penso...


1 estranhos conhecidos

Mudar?!




Você gosta de mudanças?
Gosta dos ares da montanha?
Gosta do frio do inverno?
Qual estação te assanha?
Preferes alma ou ser fatal?
Tudo bem, a ultima invalida, que 
ser fatal sem alma, é ser ninguém!

Então me diga qual o teu nome,
tua cor, identidade,
qual poeta o faz metade
faltando do próprio poeta a parte.

Conta qual seu endereço,
não de morada, mas de apreço.
Diz-me teus tolos segredos
que todos sabem, 
qualquer tem.

Não me conte tudo que vem
não me fale demais de você
me deixe ser curiosa,
fantasiar a resposta
me deixe assim, feito boba
olhando teus olhos ferrugem
teus lábios que causam vertigem
sentir num afago o futuro.

E que teu desdem seja duro
a cada sentido que sei...
não existirá mais, asseguro
nenhum dos passos que dei!
Pois nenhuma mentira apaguei.



De visual novo!!! Gostaram?!
quarta-feira, 29 de junho de 2011 2 estranhos conhecidos

Escola do Amor (Poeta Amigo)






            A Escola 
do Amor -



 (Poesia de: Nelson Rodrigues de Barros)


Doce invenção tivera...
Ao longe numa bela primavera,
Resolvi inventar: “A Escola do amor”.
Nela se aprenderia de tudo...
De como “Se beijar”, “Se tocar” e das “Paqueras”,
Das paixões do tipo “Cinderela”,
Até de como se tornar "Um trovador".

E pela cidade a notícia se espalhou...
Todos queriam aprender sobre: “O tal Amor”,
Das suas fórmulas e de suas matérias.
E eu, sem pensar, abri a inscrição...
Não imaginara tamanha confusão,
Pelas ruas, avenidas e até vielas.

Tinha filósofo, poeta e até doutor.
Gente bastarda, empregada, agricultor,
Advogado, psicólogo e escritor.
Todos desejando saber das entranhas da paixão.
Nunca imaginara, quiçá, nessa hora...
Que de repente, faria sucesso a minha escola,
Nesse curso de enorme sedução.

E a grade curricular se estendia:
“Aprender a amar”, “A Namorar”, “A conquistar”,
Era o desejo da maioria.
“Entender de ilusão”, “De Fora!”, “De solidão”,
Poucos alunos queriam.
E até o “Amor Platônico” era sucesso de bilheteria.
E alguns já pensavam até na colação,
...“Monografia da paixão!”,
Já se imaginavam noites mal dormidas.

E enfim, eis que chega o grande dia,
De inaugurar o que eu mais queria,
A minha “Escola do Amor”.

E me bateu a maior decepção.
Pois nos lugarejos dessa nação,
Não encontrei um só professor.
Que tivesse a competência,
Pra falar com sapiência
Das vertentes da paixão.

E sem docente pra lecionar,
Tive que a porta fechar
Ante a revolta da multidão.
Não achei a "Deusa Afrodite"
E ninguém pra dá palpite,
Sobre as coisas inexplicáveis do coração.

(Nelson Rodrigues de Barros)
domingo, 26 de junho de 2011 5 estranhos conhecidos

Quedar em silêncio

Minhas raízes cravaram
junto às ruas na
terra refúgio, esfumaçados
pensamentos
surgiram, voaram nas
verdes folhas,
vierem silêncio dos mortos,
asas minhas quedaram
falas quietas, ventos
me falam de sorrisos
tão lentos nos
teus lábios guardados...


                         




quarta-feira, 22 de junho de 2011 6 estranhos conhecidos

Carícias...






Soneto de Fidelidade



Vinicius de Moraes




De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.



Essa postagem é um canto especial aos meus queridos amigos... Cada um mora fundo bem dentro do meu coração. 

Cultivo amizades. O mundo virtual nos permite uma proximidade deliciosa, e essa proximidade, apesar de possuir lá o seu mal uso, também é benéfica e antídoto contra solidão!

Então, que hoje seja um dia muito bonito. Um beijo muito cheio de carinho a cada um ♥


terça-feira, 21 de junho de 2011 4 estranhos conhecidos

Utilidade Publica: Alfisina

Você sabe o que é ALFISINA? 
- Não sabe o que é ALFISINA?
Então, é tempo de aprender, porque sempre pode precisar.


segunda-feira, 20 de junho de 2011 4 estranhos conhecidos

Selinho ao Roseira Ferida

Bom dia meus amoreeess...

Foi bom o fim de semana?! Espero que sim, heim!!!!!!!

Eu cheguei, nessa segunda feira encantada, e olha o presente que a Leninha me deu:



Meu xodózinho,
oferdado pelo Amadeirado
meu descanso à mente!

Indico agora 8  DOS MEUS Blogs de Ouro:











Cheiros carinhosos, amoresss.... ♥

--- Correria total!!! rsrs ---
0 estranhos conhecidos

Um conto sobre M.

VAMOS VOTAR NO R.B!!!

Conto M.


Conheçam o texto e vamos 
ajudar um amigo querido ♥

Amores, tenho um selinho pra compartilhar, mas minha correria não permite...

Jaja eu posto ♥

Bjss e um fim de tarde lindo a cada um!

Bjsss
sexta-feira, 17 de junho de 2011 2 estranhos conhecidos

Espelhando Espalhando Amigos



Tive a honra de iniciar minha participação na revista digital (ou eletronica - como prefiram) com Colunistas  de alto nivel, da Catiaho (Adorável menina ♥)



e convido vcs a me prestigiarem, deixando um comentszinho pra mim!!!! ^_^•


O link:


Neste Domingo, nova post a partir das sete da manhã! 
Espero que gostem, viu?!

Será uma honra tê-los juntinhos a mim lá tbm ♥

Ailouviu's forevermente meus amorinhoss..

Mil beijoks ♥


Um fim de semana magnifico e poético 
a todos e a cada um!


Quero as novis segunda viu?!
5 estranhos conhecidos

Amor ou Amizade???



''Perguntaram a um sábio, 
a diferença que havia entre amor e amizade, 
ele disse essa verdade... 

O Amor é mais sensível, 
a Amizade mais segura. 
O Amor nos dá asas, 
a Amizade o chão. 
No Amor há mais carinho, 
na Amizade compreensão. 
O Amor é plantado e com carinho cultivado, 
a Amizade vem faceira, e com troca de alegria e tristeza,
 torna-se uma grande e querida companheira.

 Mas quando o Amor é sincero ele vem com um grande amigo,
 e quando a Amizade é concreta, ela é cheia de amor e carinho. 
Quando se tem um amigo ou uma grande paixão, 
ambos sentimentos coexistem dentro do seu coração''

(Desconheço o Autor)!




Amores, dedico esse texto ao meu querido Will


Com sua Postagem Amor ou Amizade,
tão linda e plena de ambos sentimentos tão belos...
Um beijo todos e um carinho especial a Vc, Will.

Bjinhosss ♥

3 estranhos conhecidos

Vamos Brincar?

TESTE 

Faça um desejo antes de começar o teste. 

Agora Anote suas respostas nos comentários do blog, pra eu sabê-las!!! hehehe

1. Ordene os seguintes 5 animais de acordo com sua preferência: 

a. Beija-flor 

b. Cavalo 

c. Borboleta 

d. Cachorro 

e. Pássaro 



2. Escreva uma palavra que descreva cada um dos seguintes elementos: 

a. Cachorro 

b. Gato 

c. Rato 

d. Café 

e. Mar 




3. Pense em alguém que conheça que seja importante para você, e 
relacione com as cores seguintes (por favor, não repita sua resposta duas 
vezes, nomeie uma pessoa só para cada cor): 

a. Amarelo 

b. Laranja 

c. Vermelho 

d. Branco 

e. Verde 





4. Finalmente, indique o seu dia favorito da semana. 

Terminou? 

Veja as interpretações abaixo, mas antes de ver, repita seu desejo. 



1. Isto definirá suas prioridades na vida: 

Beija-flor: significa carreira. 

Cavalo: significa orgulho 

Borboleta: significa amor. 

Cachorro: significa a família 

Pássaro: significa dinheiro. 




2. Sua descrição de Cachorro insinua sua própria personalidade. 

Sua descrição de Gato insinua a personalidade de seu par. 

Sua descrição de Rato insinua a personalidade de seus inimigos. 

Sua descrição de Café mostra como você interpreta o sexo. 

Sua descrição de Mar insinua sua própria vida. 



3. Amarelo: alguém que você nunca esquecerá. 
Laranja:alguém que você pode considerar seu verdadeiro amigo(a). 
Vermelho: alguém a quem realmente amas. 
Branco: sua alma gêmea. 
Verde: uma pessoa que você se lembrará para o resto de sua vida.

Agora, sobre o desejo que vc fez no início da brincadeira:

Na vida, é preciso ter um objetivo a se alcançar,
para toda longa caminhada
é preciso dar o primeiro passo!

Bjs e muita força a cada um!!!!

1 estranhos conhecidos

Votação especial:

Vamos?

M. (Trecho)

"[...] Uma quarta-feira de Agosto M. saiu para caçar. Uma quinta-feira de Julho, melhor dizendo, ou uma terça-feira de Maio. O dia ao certo não sei. Uns dizem que foi em Maio, outros em Julho, outros em Agosto. Também não pude apurar com certeza se ele realmente saiu para caçar, pois outros havia que afirmavam que saíra para pescar ou pura e simplesmente para passear.
Entrou no bosque, no mato ou na floresta como eles discutiam e num repente fora atacado, embora haja quem afirme que nessa história M. não pode ter outro papel senão o de predador. Atacado ou não, M. regressou só dois meses depois, [...]"

Ricardo Barbosa é um portugues muito querido, cheio de imaginação. 
Vamos conhecer o texto na íntegra?
Votem:

Obrigada pelo carinho, meus amores.

Um dia esplendido a cada um ♥
1 estranhos conhecidos

Querido Diário...

5 de Janeiro
Querido diário,
Passei no exame de direção!
Posso agora dirigir o meu próprio carro, sem ter que ouvir as recomendações dos instrutores, sempre dizendo:
"Por aí é sentido proibido!", "Vamos sair da contra-mão!", "Olha a velhinha!", "Freia! Freia!", e outras coisas do gênero.
Nem sei como agüentei estes últimos dois anos e meio...

8 de Janeiro
A Auto-Escola fez uma festa de despedida para mim!
Fiquei muito emocionada!
Os instrutores nem sequer deram aulas!
Um deles disse que ia à missa...
Julgo que vi outro com lágrimas nos olhos e todos disseram que iam embebedar-se, para comemorar.
Achei simpática a despedida, mas penso que a minha carteira não merecia tal exagero.
Eles foram muito generosos!
Umas gracinhas mesmo!

12 de Janeiro
Comprei meu carro e, infelizmente, tive que deixá-lo na concessionária para substituir o pára-choque traseiro pois, quando tentei sair, engatei a ré ao invés da primeira.
Deve ser falta de prática!
Também...há uma semana que não dirijo...

14 Janeiro
Já tenho o carro.
Fiquei tão feliz ao sair da concessionária, que resolvi dar um passeio.
Parece que muitos outros tiveram a mesma idéia, pois fui seguida por inúmeros automóveis, todos buzinando como num casamento.
Para não parecer antipática, entrei na brincadeira e reduzi a velocidade de 10 para 5 km por hora.
Os outros gostaram e buzinaram ainda mais.
Foi muito legal...

22 Janeiro
Os meus vizinhos são impecáveis.
Colocaram pôsteres avisando em grandes letras "ATENÇÃO ÀS MANOBRAS" e marcaram, com tinta branca fluorescente, um lugar bem espaçoso para eu estacionar e, para minha segurança e conforto, proibiram os filhos de saírem à rua enquanto durassem as manobras.
Penso que é tudo para não me perturbarem.
Ainda há gente boa neste mundo...

10 de Fevereiro
Os outros motoristas tem hábitos estranhos.
Além de acenarem muito, estão sempre gritando.
Não escuto nada, por estar com os vidros fechados, mas parece que querem dar informações.
Digo isto porque julgo ter percebido, através de leitura labial, um deles dizendo:
"Vai para casa". Não sei como ele adivinhou para onde eu ia! Acho isso espantoso.
De qualquer modo, quando eu descobrir onde fica o botão que desce os vidros, vou tirar muitas dúvidas.

19 de Fevereiro
A cidade é muito mal iluminada.
Fiz hoje meu primeiro passeio noturno e tive de andar sempre com o farol alto aceso, para ver direito.
Todos os motoristas com quem cruzei pareciam concordar comigo, pois também ligaram o farol alto e alguns chegaram mesmo a acender outros faróis que tinham.
Só não percebi a razão das buzinadas.
Talvez para espantar algum bicho.
Sei lá...

26 de Fevereiro
Hoje me envolveram num acidente.. Entrei numa rotatória e como tinha muito carro (não quero exagerar mas deviam ser, no mínimo, uns quatro!), não consegui sair.
Fui dando voltas bem juntinho ao centro, à espera de uma oportunidade, de tal forma que acabei por ficar tonta e bati no monumento no centro da rotatória.
Acho que deviam limitar a circulação nas rotatórias a um carro de cada vez.

3 de Março
Estou em maré de azar.
Fui buscar o carro na oficina e, logo na saída, troquei os pés, acelerando fundo em vez de frear.
Bati num carro que ia passando, amassando todo o lado direito.
O motorista , por coincidência, era o inspetor que me aprovou no exame de direção.
Um bom homem, sem dúvida.
Insisti em dizer que a culpa era minha, mas ele educadamente, não parava de repetir para si mesmo:
"É tudo minha culpa! É tudo minha culpa! Que Deus me perdoe!"


(Autor Desconhecido)

quinta-feira, 16 de junho de 2011 8 estranhos conhecidos

Selinho Fofuxo

Recebi esse presente FoFíssimo da Linda Lena,

amiga querida que amo demais.

1º Lena, Blog Amadeirado foi a proporcionadora de um sorriso ao meu dia ♥

2º Colocar fotos de DEZ coisas que amo:


ESTAR ENTRE AMIGOS
 Fazer Brincadeiras de Criança







CERVEJINHA COM O POVO

MINHA MANINA



MEUS BICHINHOS






 FAZER MUITA BAGUNÇA

A ORLA MORENA






OLHAR O CÉU 
OLHAR O MUNDO

ANDAR POR AI!


3° Indicar DEZ menininhas pra ganhar o Fofuxo também!!!

Cá - O mundo onde me escondo
Vanny - Reflexionar
Catiaho - Reflexo D'Alma
Catita - Catia Bosso Poesias
Sissinha - Bipolaridade
Bezinha - O colorido Diário de Luli
BeBe Lethy - Lethy
Carlinha - Escrevencia



Tah aí minhas meninas lindas!!! Obrigada por me 
presentearem com a 
amizade linda de vcs ♥

Deixo um beijo e mil desculpas por 
tantas fotos que eu 
esparramei.... 
hehehe

0 estranhos conhecidos

M. - Por R.B.

M.

"[...] Em 1981, quando me propuseram fazer uma biografia de M., estava longe de imaginar que tão árduo se viria a revelar esse trabalho. Tornou-se, sobretudo, quase impossível fazer a distinção entre o real e o imaginário. M. era conhecido de todas as povoações por onde passava. Para uns era um fiel amigo, para outros um grande inimigo. Acima de tudo, M. era como que o contrário de si mesmo, e cada vez que o julgava conhecer, no momento imediatamente a seguir via-me surpreendido. [...]"

Autor Ricardo Barbosa


Vamos Votar? Leiam o texto na integra no projeto:


Beijos adocicados aos meus Amores ♥


3 estranhos conhecidos

Prenda da minha pequena JuJuba Cor-de-Rosa

Sabe qual é o maior motivador de existir o espaço 

Diário da Kiro????

São os amigos lindos que vão se aconchegando nele!!!





Meu presente da 


Brigada Lindaaa... Vc é um docinho!


(Fiquei boba e emocionada♥)


quarta-feira, 15 de junho de 2011 5 estranhos conhecidos

E você, onde se esconde?





E se um dia não houver mais amanhã, terá valido a pena? 
Haverão sonhos concretizados ou terão sido sempre adiados na certeza de um depois?


E se não houver um daqui a pouco? 
Se fechar os olhos e não voltar a abri-los? 
Se tudo acabar?


Terá valido a pena? 
Cada "até depois" dito em vez de "preciso de ti"? 
Cada adeus em vez de um abraço? 
Cada "fica para amanhã" em vez do aproveitar o agora?


Porque nos ensinam a viver com a certeza do futuro e a presença do passado? 
Porque não nos dizem que o amanhã pode não chegar e nos obrigam a fazer planos para o resto das nossas vidas? 
Porque se adiam decisões e se escondem sentimentos com o pensamento num depois?


Não vale a pena dizeres-me que vives o presente, que não deixas nada para amanhã... 
Temos sonhos, adiados pelo tempo, temos planos, com pensamento no futuro... 
Não somos sequer capazes de enfrentar essa ideia que pode não haver amanhã, porque ela está enraizada em nós.


Não posso fazer tudo o que quero, não posso realizar todos os meus sonhos num só dia... 
Mas vou começar a tentar!


(E se houver sempre amanhã? 
Com que sonhos te ergues? 
- É simples, crio novos sonhos!)



No mundo onde se esconde, 
os questionamentos que nos 
atormentam também 
poetiza e recita aos ventos!

Conheçam a 


BEIJINHOS AMORES...

1 estranhos conhecidos

Valsinha (por Vinicius de Moraes)





Valsinha





( Vinicius de Moraes)



Um dia ele chegou tão diferente do seu jeito de sempre chegar.
Olhou-a de um jeito muito mais quente do que sempre costumava olhar.
E não maldisse a vida tanto quanto era seu jeito de sempre falar.
E nem deixou-a só num canto, pra seu grande espanto
Convidou-a pra rodar.

E então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar.
Com seu vestido decotado cheirando a guardado de tanto esperar.
Depois os dois deram-se os braços como a muito tempo não se usava dar.
E cheios de ternura e graça foram para a praça e começaram a se abraçar.

E ali dançaram tanta dança que a vizinhança toda despertou.
E foi tanta felicidade que toda cidade enfim se iluminou.
E foram tantos beijos loucos, tantos gritos roucos como não se ouvia mais
Que o mundo compreendeu
E o dia amanheceu em paz.





Não nos damos conta de que viver intensamente é justo a vida como ela é, apaixonando-se por diferenças inexplicáveis que atraem mais que as semelhanças, tornando o outro tão singular que os torna, juntos, plural!

Um beijo doce pra quem ama incondicionalmente, que o imortal Vinicius traga alguma esperança a quem estiver vazio de amor romantico!

Beijos adocicados...

3 estranhos conhecidos

Convite - à um amigo:

É com muito carinho que eu passo ficha do R.B. pra quem quiser conhecer um bom "Contador de Histórias"!
Nosso querido amigo participa de um concurso literário, eu já conferi, seu conto é ótimo!
Segue mais um  pequeno trecho:


" [...] 
Acima de tudo, M. era como que o contrário de si mesmo, e cada vez que o julgava conhecer, no momento imediatamente a seguir via-me surpreendido.
- Ele era um indivíduo alto, assim forte. Tinha um coração tremendo. Bom coração aquele homem tinha. - Afirmou a costureira.
- Ele era um homem de posses ou era pobre?- Perguntei.
- Oh, ele era riquíssimo! Usava pulseiras e fios de ouro. Ah, e anéis! Anéis grossos, vistosos.
- Não, não, não. M. era pobre, homem. E não usava nada de pulseiras e fios, muito menos ouro. Era o irmão, o Felício, que o sustentava. M. era um homem boêmio, de muitos vícios. - Afirmou José, o merceeiro.
- Não, senhor. - Gritou Amália, a ajudante da costureira. - Ele era um homem puro, livre das impurezas do mundo. Vícios?! Nem pensar.
- Ele era crente?- Questionei. [...]"

Claro que não iria contar mais que isso pra vcs, mas posso garantir que ler 
o texto M. é, no minimo, instigante!
Conheçam, vejam a obra de R.B. [BLOG MUNDO SUSPENSO], e votem pelo link:


Fica meu carinho e meu muito obrigada pelo apoio ao R.B.
(Ricardo Barbosa).

Um beijo carinhoso a todos...

Um dia magnifico a cada um ♥
terça-feira, 14 de junho de 2011 5 estranhos conhecidos

Namorar Poesia

Enquanto beijava as Horas para que se me fossem mais gentis e andassem mais depressa, as Horas namoravam o Tempo, que lento... muito lento! ia pegando meus sonhos, e no meu corpo ia tecendo marcas habituais de Poesia, filhas das Horas frias de doce tormento que namora o poético e quente Tempo.


Seus nobres filhos? Versos Sonetos! Alguma Poesia e muitos tormentos...


E que foi feito dos beijos vazios que ofertei às Horas para que mo fossem mais compreensivas e deslizassem o mais depressa? Que correr era vontade minha, mas na correria- somente tropeços- não me dei melhor que quando nem olhava onde pisava.




Meu Amado deixou-me a cicatriz da Poesia triste. Deixou meias palavras tontas, e um pouco de amor próprio que uso de vestimenta. Em troca, dei-lhe a alegria única que poderia: permiti que partisse sem notar meus olhos tristes, sem perceber que ao meu coração, destruía.


Ferida estupidamente, me permito amar a mim, amar à poesia alegre que no corpo do Poeta foi desenhada com letras de perfume e sonhos.

Poeta em poesias loucas, que diferem meus devaneios dos meus desejos insanos... 
És a mim o entendedor de estrelas... e vivo-te, meu Verso órfão... meu delírio!

Tu sabes que a ti escrevo. Teu nome não citarei, não se abre arcas do tesouro em praça pública. Mas de olhos e coração, sabes bem que escrevo a ti, basta ler-nos em entrelinhas! Essas adoráveis que nos deixam bobos, que nos deitam nas nuvens para que o amor nos perceba.

Meu Amor me deixou aqui, entre versos de prosa dita por tua boca, e enlouquecida, nem percebi que outros olhos já me tomavam, escurecendo a dor em mim, entorpecendo todos sentidos, e sentindo meus olhos para que não notasse... Mas, sim, o Amor deixou a mim, nas mãos da ternura sóbria de quem mais me faz feliz:

Poesia!

Vá Amor, e quando entenderes que não fico, venha a mim com outros sonhos. Novas aventuras ao coração que se enreda por veredas de alegria e momentos lúdicos!




Por Kiro Menezes



Aos que tiveram paixão 
aos que ainda a terão
aos que a tem entre os dedos, escorregando pelo tempo
em leve descontração!


Beijos...

Tomar um Tereré?

 
;