Click



sexta-feira, 9 de março de 2012

Pra sempre doce, Amor!


Ainda que não note
a lágrima no canto do olho
o brilho marejado dos batimentos
os acanhamentos desnecessários...

Mesmo que desconheça
a dor que lava-me o peito
o sorriso que nasce involuntário
o estremecimento dos lábios...

Nem que haja outra aurora
num tempo nem tão distante
numa água nem tão profunda
ou comensuráveis infortúnios...

Ah! Meu amado,
o estarei ainda amando
deixando meu corpo de lado
tornando meu doce chamado
o nome que por si vai soprando...


Sei que dentro dos relacionamentos, todos tem problemas. Pequenas gotinhas que vão enchendo o copo, tão desimportantes quanto seu próprio tamanho...

Mas também sei que, quando não é possível desistir, se pode secar todas as gotinhas, derramar do copo todo o conteúdo acumulado.

E mesmo que o companheiro de vida, ou companheira, já que o texto não é só para mulheres, mesmo que não note nossas mudanças internas ou externas, ainda que tudo pareça intempéries que magoam e jamais passarão a menos que se arranque a arvore, temos dentro de nós a certeza.

Sim, sim. Eu disse certeza. Isso não se aplica a quem ainda não encontrou sua parte norte-sul, sua rosa dos ventos. Isso é para quem vive uma história real de amor comprometido com a felicidade do outro. E quando se tem essa certeza, ah! doce momento. 

A vida é cheia de luz ainda que em trevas, o sol brilha colorido e o arco-íris é a ponte para a felicidade eterna. Para a eternidade pois a felicidade de hoje, agora, por mais que haja a dor, ela existe!

Essa felicidade sim, essa não há como abrir mão. E sei que isso vale para ambos os lados. O diálogo é a chave. O companheirismo, a maçaneta. O Amor é a vontade de abrir essa porta para que os lábios se encontrem numa ligação única!


Sei que seremos um do outro a vida toda, meu amado!


2 comentários:

Soniaconsult Almeida disse...

Sempre ispirada a minha doce Kiro.
Sabe o que seria maravilhoso?
Tu participar da blogagem coletiva Amor aos pedaços.
Seria facinante.
É todo dia 15 de cada mês.
Neste mês fala do...
Vai lá no blog da roselia e saiba detalhes.
Participa vai!?!
http://idade-espiritual.blogspot.com/2012/02/blogagem-coletiva-amor-aos-pedacos.html
bjos carinhosos

Simone MartinS2 disse...

Boa noite!
Nossa! A menina virou mulher.
Desabrochou de repente, da noite para o dia. Cresceu e renasceu no amor de teu amado. Como é bom te ver feliz! Curta cada momento com tamanha intensidade, para que sempre reine em tua vida somente a felicidade...Bjinhos...estou por aqui, estou por ai...em qualquer hora, em qualquer lugar.

Tomar um Tereré?

 
;