Click



quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

João Luis Calliari

Meias de lã

Sentávamos, um frente ao outro, na labuta

Eucanalha, Elaputa

Nas horas preguiçosas do dia

Mais ela apertava suas coxas, mais o serviço rendia...

16-01-11



http://jlcalliaripoesias.blogspot.com/


Não há como não admirar pessoas que se tem em conta de aprendizes, ou, como João gosta de dizer de si: UM    OPERARIO    QUE    EMPILHA    LETRAS!
Sim, um operário que empilha letras!!! E as transforma numa lagoa bela, cheia de vida, cheia de cores, de movimento, de dança!

João Luis é um Poeta apaixonado, que vê a vida em suas Nuances mais Singelas.

João é primo-irmão da vida
O mais delicado apreciador de telas
Ão de ser todos como ele
O empilhador de letras em gamelas

Longe de todos os devaneios simples
Unicamente por já ter mais belas
Inigualavelmente belas as palavras delas
Suas incandecencias mais singelas

Poeta de meninas tolas
O galante cavaleiro alado
Está no peito o grito almejado
Tem-se perdido entre ganhos do seio
A quem se doa a ele sem receio...

A ti, Empilhador de Letras, meus rendidos devaneios em poesia formatada, em desdizeres fáceis... Em singelezas criadas...!

Com o carinho de quem o tem perto, te deposito palavras!

A quem gosta do que é belo, simples, aconchegante!

Hoje é dia 19 de Janeiro de 2011, são 09:14 da manhã!
Beijos carinhosos...

Kiro Menezes ♥

2 comentários:

João Luis Calliari Poesias disse...

E... ela diz, que eu sou poeta
Essa pequena-grande
Sinônimo de Felicidade. Não lhe acreditem, eu aprendo com ela.

Feliz Cidade, essa Campo Grande. Bj.João Luis

Kiro Menezes disse...

E então não és? Em "magnanimicidade" de ser, és amadamente encantos!!!

- Me torno invetiva de vocábulos para despir-lhe dos arrojados adjetivos que mo fazem tua fã -

Sou carinho toda a ti!!!

^_^•

Bjuss Bjuss

Tomar um Tereré?

 
;