Click



terça-feira, 30 de agosto de 2011

O Vento - Por Carlos Matias

O vento, e vem e vai como parece
Flores enviada pelo cheiro
batimentos cardíacos
Que o vento sopra
uma pequena pausa
por meio da manhã
seu toque suave
sussurrar do vento
palavras de apoio
pedaços de tempo
Eu brilho
Eu lhe disse que o sol nasce
quando você está ao meu lado
Eu prefiro cair
o turbilhão do seu amor
em suas mãos
encontrar o calor
esse tempo
quebrado
Se não fosse por você, meu Criador
Sabemos que esta casa
teria parado de respirar
O vento, e vem e vai como parece


Carlos Matias 
08/29/11


Uma linda poesia servida com um desejo de LINDO DIA aos meu queridos...

Beijinhoss...


Nenhum comentário:

Tomar um Tereré?

 
;