Click



quinta-feira, 28 de julho de 2011

Farol de São Tomé e o Samba

Fotografia de Rosilene Ramos

Farol de São Tomé


Haverá sempre um farol
Seja aqui, seja em qualquer lugar
Para iluminar,
Quando a noite chegar
E o inverno partir,
Para teu sorriso expandir.
A luz do sol por um triz
Não brilha mais que teus olhos.
Súplicas de quem não quer mais nada
Que apenas ser feliz.
Mas quando a noite chegar
E à deriva o pensar,
Devagarzinho se aproximar,
Haverá sempre um farol
De braços abertos a te dar
O porto seguro.


Por Arnoldo Pimentel




O Samba, Bahia!

Samba da encantada Bahia,
rodadas baianas se encantam
no farol, o fervor da paixão
o sambado, o alvorecer Poesia

Ah! encantada Bahia
Canta teu povo nas ladeiras vazias
nas calçadas de sua alegria
entre trabalho e ardor por viver!

Canta baiano, canta teu pranto e teu sorrir
tua voz é sonora de ouvir
e teu riso é mais facil sentir

se tu cantas o encanto de sonhar
e se esboças o alarido de amar
a Bahia e tamborim a sambar!


Por Kiro Menezes

Um beijo doce aos meus queridos amigos! ♥


4 comentários:

Jose Sepulveda disse...

Gosto muito do poema do Farol mas valorizo mais o teu, que vai fazer parte do livro que tens que preparar, ok?

Simone MartinS2 disse...

E isso ai! Bela parceria...Ventos na primavera levando Kiro direto para a Bahia...Samba no pe voce tem? Bjin

Kiro Menezes disse...

Obrigada Crianças!!! Venham ao samba e o molejo arremanga as mangas só pra encantar o coração de toda gente!

;D


Bjinhosss...

Arnoldo Pimentel disse...

Oi Kiro, muito obrigado por postar o poema do Fabiano aqui, Farol de São Tomé é um dos poemas que mais gosto desse amigo e parceiro do Gambiarra Profana, e seu poema também é muito lindo.Deus te ilumine, beijos

Tomar um Tereré?

 
;