Click



terça-feira, 20 de setembro de 2011

Amor In_convencional


Google Images



Quantas aventuras vividas já não cabem na memória. Cabem versos de namoro lírico, cabem entrelinhas de amores lúdicos, cabem Imortais poesias sonoras e lívidas.

Ah! O olhar estrelado com que me olhas, os lenços dobrados em bolsos feito o pensamento que se desenham nos versos... Sim, nossos encontros enluarados.

Canto sonatas louras, canto tuas frases soltas num sussurro delicado ao ouvido. E vivo... Vivo seu amor lépido, amor bandido que me rouba o rubro das maçãs do rosto e presenteia-me arrepios de mariposas no estômago.

Sou menina ante seus desejos carne-bites... menina que deseja o mesmo que tens aí, nesse teu peito aberto semi-cerrado, esse lugarejo cheio de luzes ébrias de um clima nostalgico: sua Alma! Puritanos que me perdoem, mas amo-te em deslumbramentos adolescentes, quase ingenuos, pra quem não me sabe mulher.

E assim é por tua vontade, para ser a ti quem alegra e pari sorrisos.

Assim sou, por quem mais amo.

Por Kiro Menezes
cheia de carinhos aos caríssimos amigos!

^_^`

4 comentários:

Simone MartinS2 disse...

"...e deixastes minhas bochechas ruborizadas com tamanha declaração, poesias saidas de dentro da alma e do coração, me elevaram ao mais alto degrau da felicidade e me deixaste assim, apaixonada!" Belo, singelo e nada de explicito, mas te desculpamos sim, afinal, tu és a menina de nossoa olhos...ops! Blogs., me empolguei e brinquei...Te amodoro! Obrigada por existir em minha vida, mesmo que virtual, guardo tua foto e da Beatriz, para que um dia, se nos perdermos, estarei sempre a olha-las de longe pelas fotos...desculpe, me emocionei...

Kiro Menezes disse...

Sempre recheada de ternura né, Sissinha ♥

Beijinhos...

Jose Sepulveda disse...

Belissimo texto, cheio de carinho e ternura. Menina sensível, menina-mulher que de um modo incrível vai para onde quer. Beijinho, Kiro.

Kiro Menezes disse...

Que doces palavras, querido José... Obrigada pelo carinho à minha escrita ♥

Tomar um Tereré?

 
;