Click



quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

BOCA A BOCA (Ludugero.blogspot.com)

Pintura O Beijador (Picasso)

















BOCA A BOCA
Autor: João Maria Ludugero


Tua boca encarnada,
Boca de carmim,
Boca que me quer
Mal me quer bem
E já se afoita a dizer
Sem pensar, e manda brasa. 
Nem percebes, que me inflamo, 
Que ainda não aprendi a falar
A tua língua de amar
E já me infernizas o céu 
Me reviras pelo avesso, bordas e pinta,
E acessas meu peito em carne viva
Ao me morderes em profano silêncio,
Ao me amordaçares inteiro 
Com teus olhos de alto-falantes,
Ao sufocares com atrevimento
Meu modo calado de dizer te amo,
Ao me deixares de joelho inerte 
A comungar teus planos, à risca,
E dar-te a mão à palmatória,
Só por que não fiz o ditado
Na ordem precisa da tua reza.
Só por esquecer a palavra certa,
Sei que vou queimar no purgatório.
Não quero pois a morada dos deuses, 
Sem antes chegar ao céu da tua boca,
Cedo não devo morrer sem dizer tudo.
Só pra poder colar teus lábios aos meus
E cair de boca, de frente e verso, de súbito,
Ao tempo de mostrar de vez, e demonstro
Que sou teu cúmplice, aliado pagão, atento
Na certeza de que também nunca fui santo! 








Ainda me fascina o causo estranho
 de ser desvendada com precisão tamanha
 que impressiona minha alma e ganho
 a voz de um poeta a mais!!!

^_^•

2 comentários:

R.B.Côvo disse...

Passe lá no blog; aquele selo do blog tem sabor delicioso é pra você. Abraço.

Kiro Menezes disse...

Aiii... eu adorei!!! ♥

Mimada e dengosa agora!!!

^_^•

Tomar um Tereré?

 
;