Click



quinta-feira, 30 de junho de 2011

Mudar?!




Você gosta de mudanças?
Gosta dos ares da montanha?
Gosta do frio do inverno?
Qual estação te assanha?
Preferes alma ou ser fatal?
Tudo bem, a ultima invalida, que 
ser fatal sem alma, é ser ninguém!

Então me diga qual o teu nome,
tua cor, identidade,
qual poeta o faz metade
faltando do próprio poeta a parte.

Conta qual seu endereço,
não de morada, mas de apreço.
Diz-me teus tolos segredos
que todos sabem, 
qualquer tem.

Não me conte tudo que vem
não me fale demais de você
me deixe ser curiosa,
fantasiar a resposta
me deixe assim, feito boba
olhando teus olhos ferrugem
teus lábios que causam vertigem
sentir num afago o futuro.

E que teu desdem seja duro
a cada sentido que sei...
não existirá mais, asseguro
nenhum dos passos que dei!
Pois nenhuma mentira apaguei.



De visual novo!!! Gostaram?!

Um comentário:

Simone MartinS2 disse...

Boa noite...te digo quem sou, se me disseres quem tu es...Sei que es menina e que tens sonhos, mas digo que sou poeta e tentarei descrever-te em linhas e mais linhas, para que todas as pessoas possam ler-te em versos e prosas...contarei a Lua que tua sonhas ser ela e viajar por todo mundo, sem ter que dar voltas em minha janela...Enfim, atraves dos teus segredos, tentarei decifrar quem estu e o que na verdade a faz feliz e quem sabe, um dia, poder te dar o infinito...Bjin...Sser poeta e nao saber, onde minha historia começa, meio ou fim...Te adoro!

Tomar um Tereré?

 
;