Click



quinta-feira, 3 de março de 2011

Insensato Coração (Palhaço Poeta)

Insensato Coração


"Hoje eu já não lembro se o amor divide, 
soma ou 
multiplica os sentimentos, 
mas sei que delata o coração de tal modo que sufoca a razão, 
atormenta o siso e some em quanto dura, 
com o juízo que escapa e não retorna."



Belíssimo poetar desse que se entitula Palhaço Poeta.

Por Silvio Afonso

A quem puder interessar o que fala um coração...

Inspirador, podeis conferir uma pequena homenagem que 
os comentaristas desse encanto
fizeram em


Beijinhos Amiguinhos ♥

Um comentário:

Lena disse...

Lindo! Beijinhos, amiga!

Tomar um Tereré?

 
;