Click



sexta-feira, 25 de março de 2011

Um amor Romeu & Julieta



Sempre sonhei viver um grande amor! Um que fosse maior que tudo, da mesma concepção de Romeu e Julieta.

Mas não esperava me tornar uma Julieta. Não esperava ter de morrer para amá-lo. Hoje ele vai se casar.

Sua esposa não tem a beleza que agrada aos olhos dele, como um dia eu mesma tive, como ele mesmo exaltava a quem quisesse e pudesse ouvir.

Causamos mil transtornos entre familias e interesses. E aconteceu...

O sacrifício maior que um ser humano pode fazer por outro!

Eu não poderia fazê-lo feliz se meu entrosamento familiar fosse maior que o meu amor por ele. Não há como conciliar duas vontades, duas estradas opostas, uma bifurcação de decisão.

Qual o preço que se paga por uma escolha errada? Eu não sei. Mas sei bem a dor que causa qualquer escolha que se faz.

Eu escolhi viver por mim, sabendo por consciência que meu amor não era saudável para ele! E por consciência de que ele me esqueceria (ainda que por ter de esquecer!), eu o deixei. Foi triste.

A tarde ensolarada, o dia ameno, o carinho, os beijos, os toques, o amor feito com cuidados de quem preserva... E o fato é que eu não estava ali. Em automaticidade, feito um robô sem coração, proferi a sentença:
Acabou...

Mais como um sussurro de notícia inevitável, com toda a carga de paixão latente, com todo o desejo de dali dois dias pulsando na veia naquele momento... eu o fiz!

Hoje, hoje faz mais de um ano...

"O tempo... passou e passou lento...
Eu vi cada dia escorregar sem você!"

Jamais haverá um esquecimento. Mas sempre um desejo de que a felicidade seja reinante na vida do outro.
Hoje... Hoje meu peito dói, mas sei que ele será muito feliz.

Espero que seja!

Viver tem de ser intenso, tudo! E os três meses que ficamos juntos tiveram intensidade de uma vida.

Não há arrependimentos da decisão tomada, apenas caminhos que podem ser trilhados daqui pra frente!
E assim será.

○♥".*○♥".*○♥".*○♥".*○♥".*○♥".*○♥".*○♥".*○♥".*○

Meu amado, se estiver lendo isso, saiba que desejo a ti toda a felicidade do mundo,
não chamarei mais a tua eleita de "sem sal", nem direi a ninguém o quanto 
te amo
 mais que tudo... que é pra ela não ficar sabendo.

E quando nos esbarrarmos na rua, nos olharemos nos olhos,
nos abraçaremos um segundo, e tudo caberá num abraço.

O sorriso não há de nos denunciar. Seremos velhos amigos, 
andando em qualquer direção...

Todas as músicas do rádio que nos fazem lembrar nós dois,
daqui alguns anos, quando nos vermos, serão desenterradas por 
algum radialista saudosista... e nós nos lembraremos de nós!

Eu te amo... Sempre!





6 comentários:

Anônimo disse...

Tardes de domingo semanas interminaveis.. Sentimento tão puro que jamais será esquecido. O meu amor vaga por dias em que tudo não é perfeito por fazer falta o seu olhar...

Hoje e sempre vou te amar! O destino nos colocou em direções diferentes mas o coração só quer saber do unico caminho.. aquele que te encontrei..

Um beijo eterno e carinhoso.. Te Amo!

wcastanheira disse...

Viver um gde amor....uauau como é bom, mas é pciso correr riscos deixar-se, abandonar-se em confiança a este amor, o q é dificil as pessoas resistem a entregar-se uma a outra e deixar fluir as consequencias e as beneces de um gde amor, pra vc minha linda bjos, bjos e bjosssssssssssss

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"Tudo cura o tempo, tudo faz esquecer, tudo gasta, tudo digere, tudo acaba. Atreve-se o tempo a colunas de mármore, quanto mais a corações de cera !
São as afeições como as vidas, que não há mais certo sinal de haverem de durar pouco, que terem durado muito. São como as linhas, que partem do centro para a circunferência, que quanto mais continuadas, tanto menos unidas. Por isso os antigos sabiamente pintaram o amor menino; porque não há amor tão robusto que chegue a ser velho. De todos os instrumentos com que o armou a natureza, o desarma o tempo. Afrouxa-lhe o arco, com que já não atira; embota-lhe as setas, com que já não fere; abre-lhe os olhos, com que vê o que não via; e faz-lhe crescer as asas, com que voa e foge. A razão natural de toda esta diferença é porque o tempo tira a novidade às coisas, descobre-lhe os defeitos, enfastia-lhe o gosto, e basta que sejam usadas para não serem as mesmas. Gasta-se o ferro com o uso, quanto mais o amor ?! O mesmo amar é causa de não amar e o ter amado muito, de amar menos."

Padre Antônio Vieira
em 1643
Sem Sal fica a vida quando insistimos em um passado que não nos pertence mais ou desejamos viver no presente que não o nosso.

Lena disse...

Kiro,
Lindo, lindo e lindo!
Sem comentários. Tive que apelar:

Para Viver um Grande Amor

É preciso abrir todas as portas que fecham o coração.
Quebrar barreiras construídas ao longo do tempo,
Por amores do passado que foram em vão
É preciso muita renúncia em ser e mudança no pensar.
É preciso não esquecer que ninguém vem perfeito para nós!
É preciso ver o outro com os olhos da alma e se deixar cativar!
É preciso renunciar ao que não agrada ao seu amor...
Para que se moldem um ao outro como se molda uma escultura,
Aparando as arestas que podem machucar.
É como lapidar um diamante bruto...para fazê-lo brilhar!
E quando decidir que chegou a sua hora de amar,
Lembre-se que é preciso haver identificação de almas!
De gostos, de gestos, de pele...
No modo de sentir e de pensar!
É preciso ver a luz iluminar a aura,
Dando uma chance para que o amor te encontre
Na suavidade morna de uma noite calma...
É preciso se entregar de corpo e alma!
É preciso ter dentro do coração um sonho
Que se acalenta no desejo de: amar e ser amada!
É preciso conhecer no outro o ser tão procurado!
É preciso conquistar e se deixar seduzir...
Entrar no jogo da sedução e deixar fluir!
Amar com emoção para se saber sentir
A sensação do momento em que o amor te devora!
E quando você estiver vivendo no clímax dessa paixão,
Que sinta que essa foi a melhor de suas escolhas!
Que foi seu grande desafio... e o passo mais acertado
De todos os caminhos de sua vida trilhados!
Mas se assim não for...
Que nunca te arrependas pelo amor dado!
Faz parte da vida arriscar-se por um sonho...
Porque se não fosse assim, nunca teríamos sonhado!
Mas, antes de tudo, que você saiba que tem aliado.
Ele se chama TEMPO... seu melhor amigo.
Só ele pode dar todas as certezas do amanhã...
A certeza que... realmente você amou.
A certeza que... realmente você foi amada."(Carlos Drummond de Andrade)
Beijos em seu coração!

vanessa cony disse...

Minha querida...Queria te dar um abraço...
Te entendo doce menina.Mas a vida se encarrega de tranquilizar nosso coração.
Beijos.

Erica Gaião disse...

Kiro,

Juro! Li seu post com lágrimas nos olhos... Algumas vezes o tempo se faz lento mesmo. Algumas vezes as circunstâncias se sobrepõem aos nossos sentimentos e aos nossos mais íntimos desejos. Algumas vezes a vida nos oferece amor como um teste de resistência. Será que a gente aguenta? Descobri que a gente aguenta e que o tempo, ainda que se faça lento, consegue amenizar a nossa dor. Falo isso porque vi meu amor partir algumas vezes e sempre perdoei. Sempre! Até que um dia eu resolvi abrir mão. E de fato sou feliz porque o nosso amor se eternizou. Não da maneira que eu gostaria, mas da maneira que poderia ser... Desse jeito! Um ano se passou e eu continuo aqui; ele lá. Mas juntos temos o maior amor do mundo.

Queria poder acalmar seu coração e dizer que vai passar. Às vezes demora bastante, mas passa. E você definiu esse transcorrer do tempo muito bem. Ao final, fica a doce lembrança... Ou quem sabe tudo muda e a vida reescreve a história de outra maneira?

Fica em paz!

Beijos carinhosos,

Tomar um Tereré?

 
;