Click



quinta-feira, 17 de março de 2011

Vambora Menino! (Por João M. Ludugero)






Trecho da poesia VAMBORA, MENINO! 
(APRENDENDO A JOGAR NO CAMPO DA POESIA)


Por João Maria Ludugero




"Enquanto existir um verso que seja


Rasgando nas minhas veias essa verve,

Enquanto eu puder fazer poesia,

Enquanto meu coração aguentar,

De nada adianta prender meus dedos

Dilacerar minhas mãos ao finito aceno,

Nem pensar em me amordaçar. Esqueça!

Pois ainda será cedo para dizer adeus,

De tal sorte que nenhum nó sufocante 

Vai me fazer soltar a alma."


Blog Ludugero desde que me entendo por Ludugero
Poesia Vambora Menino!


Lindo lindo isso, e esse amigo tão especial me encanta e fascina
com suas poesias tão lindas ♥


Obrigada Lud!


^_^•

7 comentários:

Dave disse...

É... realmente... "vambora menino!"

Muito bom!

Beijo.

Kiro Menezes disse...

^_^•

Bom ter vc aqui hoje menino ♥

Paulo Tamburro disse...

OLÁ KIRO MENEZES,

delícia? (rs).

Delícia e isso aqui.

Sua sensibilidade ao escolher esta poesia , demonstra como realmente, bate forte este seu generoso coração.

Um abração carioca.

Kiro Menezes disse...

^_^• Que bom que gostaste querido!!!

Volte sempre sempre que quiser!!!

Muito gentil...

Beijinhos ♥

Tatiana Kielberman disse...

Muito lindo, como sempre!!

Beijos, querida!

João Ludugero disse...

Adorável Amiga KIRO,
Posso te chamar assim, pois realmente cabes inteira dentro do meu peito...
TE ADORO...Porque sei da consideração que tens pela minha pessoa. É subida a estima que trago por ti, menina linda de viver! Vir aqui no teu sítio reverdece. Tenho sóis até quando ele não aparece... porque tua candeia a tudo ilumina ao redor e longe.
Obrigado, pelas postagens de poemas meus... Sou um grande pai-coruja. Quando vejo meus versos filhotes criando asas no seu jardim, fico todo envaidecido.
Agradeço ao Supremo Arquiteto por me dar uma AMIGA assim como a KIRO!
Hiper mega abraço do seu AMIGO
que te adora, não é pouco não. É um amor que escancara o peito e me faz escrever versos de laços só para te ti, criatura linda de viver!
Bom final de semana, no mínimo, iluminado, com muita saúde e alegrias duradouras. Mereces!
João Ludu, poeta (eterno aprendiz de.)

Kiro Menezes disse...

Envaidecida fikei eu com tanto carinho recíproco!!! ♥

Mil beijos, querido amigo ♥

Tomar um Tereré?

 
;