Click



sexta-feira, 4 de março de 2011

Qualquer Coisa (Palavras Soltas)


Qualquer Coisa





Leve, brisa... leve!

Tão leve que acaricia meu dedos

Não tenho por virtude

Indicar caminhos ou dar sentidos

Aos meus sentidos

Deixo eles ali, em busca

Leves, serenos e breves.


Por Willian

3 comentários:

Lena disse...

Kiro,
Tenho que dizer que ao William que as "palavras soltas" são palavras mágicas e lindas. Bjkas.

Kiro Menezes disse...

Diga, linda, diga a ele sim que também admiro muito esse menino!!!

vanillaskywill disse...

Nossa... =) obrigado val...sem palavras pelo carinho de postar aqui minhas idéias!!!

Tomar um Tereré?

 
;